O corpo e as águias

 

         Pois que? O Senhor me ensinou algo fundamental sobre o que acabei de dizer há pouco. Considerai essas palavras: "Onde estiver o corpo, aí se ajuntarão as águias". Isso é relacionado com Cristo, a nossa Páscoa, o cordeiro imolado (o corpo) e os verdadeiros crentes (as águias). A águia é um pássaro que essencialmente se alimenta da carne fresca, enquanto os seus filhotes chupam sangue (Jó.39:30). Uma vez o seu banquete terminado, ele sai voando com os seus filhotes para a sua morada nos penhascos; nas alturas, para o ápice das montanhas. A mesma coisa acontece quando surge o mensageiro da hora, os verdadeiros adoradores se aproximam e se deleitam deste pão da vida; a comida dada à seu tempo e que subsiste para a vida eterna: A MENSAGEM DA HORA. É só essa Palavra que lhes dá o direito de se tornarem filhos de Deus na sua geração respectiva ou era. Estes vencedores voam então com o mensageiro deles para a glória e se repousam em Cristo, a Rocha do abrigo.    
Agora prestai atenção a uma coisa: quando as águias voam, outros pássaros da mesma espécie vêm por sua vez pousar ALI ONDE O CADÁVER JÁ ESTÁ EM PUTREFACÇÃO para se alimentar dos restos. Tal este maná do dia precedente que os insensatos tentaram conservar para o dia seguinte. Vedes isto? Estes são os ABUTRES. Eles vêm se alimentar daquilo que as águias deixaram. Todavia, se algumas verdadeiras águias foram reveladas naquele dia, eles iriam certamente à procura de um corpo fresco, a comida do dia. Nós temos porém destes abutres em todas as eras. São esses que, depois da partida do mensageiro, tentam se agarrar desesperadamente no seu nome e na sua pessoa; torçam o seu testemunho e procuram também se fazer um nome no mundo: é isto a organização religiosa. É assim que a nossa era também não escapou a essa regra; e viu nascer o branhamismo. Neste momento, o instrumento de Deus vê-se colado "a título póstumo" o título pomposo de "fundador" da religião recém-nascida e logo tudo apodrece. As pessoas cavam para si mesmo cisternas rotas para tentar manter as piscinas de águas sujas das doutrinas impuras. E os verdadeiros filhos de Deus não tardam à se aperceber que aquela comida deixou de ser saudável. O que fazem eles então? ELES ABANDONAM O ACAMPAMENTO E VÃO EM DIRECÇÃO AO NOVO LUGAR INDICADO POR DEUS. Amem!    
Uma leitura de Act.20:29-30 pode nos ajudar a entender a verdade que nós defendemos melhor aqui. Paul, em primeiro mensageiro da igreja das nações diz o velho:   
"Porque eu sei isto, que, DEPOIS DE MINHA PARTIDA – atentai nisto! – ,  entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não perdoarão ao rebanho; e que DENTRO VÓS MESMOS SE LEVANTARÃO HOMENS QUE FALARÃO COISAS PERVERSAS, para atraírem os discípulos após si ".   

         Agora está tudo claro. Estes homens (os servos) quem transtornam os caminhos do Senhor, onde é que lhes encontramos? No meio daqueles que reconheceram o enviado do Senhor e receberam a palavra do seu testemunho. E quem são eles? Senão AQUELES QUE SE LEVANTAM DO MEIO DOS OUTROS; os CONDUTORES; AQUELES QUE COMEÇAM A ENSINAR ESTA MENSAGEM AOS OUTROS. Não porque foram chamados por Deus para o fazer, mas sim por hábito, leitura ou interpretação das brochuras de pregações do homem de Deus, acabaram por se convencer à si mesmo que podiam assumir a dignidade de se tornar pregadores; servindo Deus contra a Sua vontade (Heb.5:4). Eles puseram um fim à Eph.4:10-11 e ao ministério do Espírito. Eles não reconhecem mais os dons de Cristo. Nas reuniões deles ELES ESCOLHEM PARA SI MESMO UM HOMEM DA SUA CONVENIÊNCIA para lhes pastorear. Eis porque falei aqui do surgimento de uma nova forma de teologia característica destes grupos. Eles se impuseram pela fraude às almas mal firmadas. Eis a razão pela qual exorto estas pessoas para que abandonem o púlpito. É por amor que eu digo isto. Ninguém ajuda Deus. Só, Ele é poderoso para realizar a Sua obra, e para o fazer, Ele se serve do homem do Seu conselho. Não daquele que o povo escolhe. Como Saul. Não!    
         Paulo, em mensageiro avisado – como também o foi o Irmão Branham – soube muito bem que depois da sua partida, as pessoas "transtornarão" ou "inverterão" o seu testemunho do evangelho. Só para impedir os crentes de ver Aquele que é o Espírito deste testemunho Palavra: JESUS CRISTO (Apoc.19:10). E, atentai também que o mensageiro indicou claramente o motivo que levaria estes falsos irmãos à agir assim: PARA ARRASTAR OS DISCÍPULOS APÓS SI". Porque que eles tentam edificar para si mesmo um nome; uma denominação. É o que eu chamo de PROSELITISMO. Esta prática que consiste à fazer discípulos usando o nome do Senhor, ou o de um dos Seus mais fiéis servos para ganhar alguns discípulos à sua própria causa. O Senhor aborrece isto. Ele qualifica isso de: OBRA DE NICOLAÍTAS (Apoc.2:6,15). Esta prática nunca fez candidatos para o reino do céu, mas sim, dá à esses que são vítima disto: UM VISTO PARA O INFERNO. Indubitavelmente! (Mat.23:15).   
Veja uma coisa novamente: apesar da aparência inofensiva destes condutores, o apóstolo Paulo chama-lhes de "lobos cruéis". E, como é que eles entram no rebanho? Furtivamente. O Dono da obra, advertiu-nos pessoalmente contra eles: “Guardai-vos dos FALSOS PROFETAS – Sabiam que aqueles homens são falsos profetas? – eles vem até vós vestidos em pele de ovelhas (a aparência da piedade), mas por dentro são lobos devoradores”. Notem que, tanto o Senhor, como o Seu apóstolo, ninguém mastigou palavras para qualificar estes falsos condutores: eles são os lobos cruéis e devoradores. Realmente, porque a crueldade deles consiste em roubar às almas em mal de discernimento, o preço da vocação celestial de Deus que está em Cristo Jesus e nunca na pessoa de um mortal, como eles tentam nos convencer. Considerai vós mesmos, ó amados, até que ponto pode nos conduzir a acção perigosa, mas aparentemente sem consequência deste homens. Uma igreja - até mesmo local - que não é colocado debaixo da direcção de um homem escolhido e ungido pelo próprio Senhor jamais verá a glória que será revelada aos santos naquele dia. É um cego que conduz outros. Apesar do seu suposto conhecimento. Não vos deixai seduzir!    
Como nós reconheceremos estes lobos cruéis? Pelos seus frutos claro, UMA ÁRVORE MÁ NÃO PODE DAR BOM FRUTO. Hoje, eles distribuem estas imagens e conduzem na idolatria sem que as pessoas se apercebem.    
2Pi.2:1-3: “E também houve entre os povos falsos profetas, como entre vós (Vós que viveis nesta era e que receberam a mensagem do vosso tempo) haverá também falsos doutores(ensinadores, pastores…), que INTRODUZIRÃO ENCOBERTAMENTE HERESIAS DE PERDIÇÃO (eles acrescentam na Palavra de Deus)e negaram o Senhor que os resgatou (e vos apresentam em Seu lugar um homem como condição para a salvação), trazendo sobre si mesmo repentina perdição (mesmo se eles presumem ser a esposa, aquele caminho jamais conduziria à gloria). E muitos seguirão as suas dissoluções PELOS QUAIS SERÁ BLASFEMADO O CAMINHO DA VERDADE. E por avareza farão de vos néscios com palavras fingidas…”
Foi tudo o que o Deus me disse quando recebi a ordem para escrever esta pregação. O caminho da verdade sobre a obra que Deus realizou no nosso meio neste último tempo é caluniado hoje por causa destas pessoas que se deixaram arrastar pelo espírito do erro numa das mais infame sedução de Cristianismo. Muitas pessoas bem-intencionadas se mantêm longe da Verdade, eles não ousam se aproximarem. Pregadores de numerosas denominações reconheceram a veracidade desta mensagem que nós pregamos neste tempo. Eles se aproximam de nós como Nicodemos de Jesus, a noite, para não ser visto pelos seus correligionários por medo de ser considerados como hereges. Porque? Pois, por causa do "branhamismo" quando se fala com alguém da mensagem do último tempo, esse pesam logo estar em presença de uma seita perniciosa. É o diabo que quis isto. Manter os filhos de reino na confusão e na ignorância e invalidar assim contra eles o propósito de Deus; os afastar da herança das promessas reservadas “aos que vencer” na nossa era. E tal estes judeus que por ignorância, proibiam aos seus adeptos de se aliar a Jesus sob risco de serem expulsos do templo, hoje também quando clamamos bem alto a mensagem da hora, as pessoas dizem: "Cuidado com aquela semente"! Contudo é ESTE A SEMENTE ORIGINAL, A VERDADEIRA.   
         Esses mentirosos que se dizem branhamistas e que, por cobiça, traficam das almas para a ruína, querem dissociar a mensagem do último tempo do resto do evangelho. Não é verdade! Gal.1:7: "Na realidade, não é outro evangelho (ou mensagem). O que ocorre é que algumas pessoas querem vos PERTURBAR, querendo PERVERTER o evangelho de Cristo”. Branham não veio com outro evangelho. Ele afirmou: "Eu preguei como Paulo". A razão desta afirmação está aqui em Gal.1:8: "Mas ainda que nós ou um anjo dos céus (o mensageiro, profeta ou sei que lá mais) pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, QUE SEJA AMALDIÇOADO! ". Se afirmar que o mensageiro Branham teria anunciado algo de novo que o que está na Bíblia, CONFESSAIS ASSIM QUE ELE É UM ANTICRISTO. Vedes agora a mentira destes ministros do diabo que tenta se fazer passar no nosso meio em ministros de justiça? Em verdade, eles não conhecem nada a Palavra de Deus. Afastai-vos deles. Suportai-me um pouco a minha loucura, falando deste jeito. Não posso me calar, até que triunfa a justiça da igreja. Porventura, tornei-me também um inimigo por vos dizer a Verdade? Feliz o homem que aceita a correcção!   
O engano maior cometido por estes irmãos da falsa "mensagem do último tempo" está na escolha dos tipos para tentar explicar o que eles percebem como sendo o Conselho de Deus.