O VINHO DA PROSTITUIÇÃO DA GRANDE PROSTITUTA


"Com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam
sobre a terra se embriagaram com o vinho da sua prostituição"



Hoje, nos queixamos de que o mundo está completamente apartado de Deus e Sua Palavra... Temos de compreender a todo custo que a rejeição da Verdade ou da doutrina de Deus, sempre precipitou a maldição sobre a terra e trouxe os juízos de Deus sobre os ímpios que O desprezam. O que foi é o que será! Foi o que aconteceu no Jardim do Éden (Gen. 3: 17). Aconteceu no tempo de Noé, nos dias anteriores ao dilúvio (Gen6:5-7). Aconteceu também nos dias de Ló, quando Sodoma foi destruída (Gen.18: 25,26, 32). E em todos esses casos, os juízos de Deus tiveram uma causa comum: a impiedade ou incredulidade dos homens. E, o apóstolo Pedro confirma que o que lhes sobreveio foi-nos dado para exemplo aos que vivessem impiamente (2Pe.2: 5.6)

" Com A qual se prostituíram
os reis da terra"

Voltamos um pouco para Éden… No começo, a maldição veio sobre a terra por causa da impiedade do homem que obedeceu à voz da mulher, mais do que a voz de Deus:
"E ao homem disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei dizendo: Não comerás dela; maldita é a terra por tua causa." (Gen. 3: 17).
           
Aplicando isso à revelação do Senhor que estamos à estudar aqui, entendemos então que os reis da terra fazem exactamente a mesma coisa que Adão, ao atentar à voz da mulher (a grande prostituta) ao invés de Deus. Eles (os reis da terra) são arrastados na prostituição da grande Babilónia; tal como Adão foi levado por Eva na queda. Pois é, evidente de que Eva, em primeiro lugar, se afastou da Palavra; vencida pela concupiscência antes que Adão "adulterasse" com ela (para retomar as palavras da presente profecia).
Falamos da luxúria de Eva manifestada na concupiscência da carne (bom para comer); dos olhos (agradável aos olhos) e a soberba da vida (útil para dar entendimento). E, estas coisas não vêm de Deus, mas sim do conformismo com o mundo (1Jo.2: 16). No entanto, são estes desejos que caracterizam a religião da "grande prostituta". Cujos ensinamentos são baseados na singular e insistente preocupação ou solicitude para esta vida e do amor ao dinheiro; num verdadeiro culto às riquezas, e não à Deus.
É nesta filosofia materialista que separa Deus do centro da vida do homem, que a grande meretriz, arrastou os líderes desses séculos.
É o que o anjo do Senhor revela aqui: "Com ELA se prostituíram os reis da terra ".
 Discernimos pois, uma vez mais nessas coisas, a obra do espírito de Jezabel: para seduzir Acabe primeiro, e depois todo o Israel!
Aqui está a verdade: Acabe se envolveu à imoralidade com sua esposa. E, em seguida, a prostituição do rei gerou uma permissão… uma licença para a depravação espiritual que embebedou toda a terra de Israel.
Agora entendemos a lógica dessa revelação, quando na segunda parte, o anjo revela que: depois dos reis corruptos da terra, a influência da grande prostituta se espalhou, portanto, sobre todos os habitantes da terra dominados por esses reis corruptos de entendimento e que não conhecem à Deus.
Vejamos o exemplo do que aconteceu com o rei Salomão! Ele tinha acumulado tudo: dinheiro, mulheres, escravos e todo tipo de riqueza. Contudo, ele acabou por compreender o significado da verdadeira vida. Pelo que, ele nos ensina no livro de Eclesiastes que tudo é vaidade e aflição de espírito debaixo do sol. Portanto, na conclusão de seu livro, ele enfatiza isso: "Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é todo o dever do homem. Porque Deus há-de trazer a juízo toda obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau" (Ecl.12: 13,14)
Notaram com certeza a diferença entre um rei estabelecido na terra por Deus, e os líderes deste século, sob a influência do maligno? Estes pois, por não ter compreendido o verdadeiro sentido da vida, andam fora da luz da Palavra de Deus. Eles violam, porém, as leis e mandamentos de Deus, pela influência dos ensinamentos da grande prostituta e se corrompem. No final, eles caem na condenação de Deus e são destruídos. Por quê? Porque são tolos que não conheceram a sabedoria de Deus; tendo sido seduzidos pela sabedoria do império religioso universal (o que se traduz por: católica) (1Cor.2: 6).
Governos corruptos... a corrupção da banca e dos sistemas financeiros em todo o mundo; o crime organizado; tráfico de drogas e de influência; a máfia político-económica e financeira, lavagem de dinheiro, etc. Uma verdadeira adoração à Mammon, à que se dedicam os reis e poderosos deste mundo.
Ora, tudo isso espelha um estilo de vida adoptado pela "civilização ocidental" que domina o mundo. Civilização baseada na imoralidade que, à força de ser interiorizada e exaltada, tornou-se a doutrina do mundo.
            E, a profecia bíblica diz: "Com ela se prostituíram os reis da terra". Ela quem? A mulher de Apocalipse 17 claro! Ela, cujo adorno de ouro, pedras preciosas e pérolas, traduz o seu apetite insaciável pelas riquezas temporais. Independentemente dos meios utilizados para atingir os seus fins. É esta mesma disposição interior que caracteriza os reis da terra, atraídos pela religião da grande prostituta. Eles se extraviaram, todos, do Senhor e de Seus ensinamentos para servir à Mamom. (Mat. 6:19-21 e 24; Lc.4:5-7; Jo.6: 27). Eis por que está escrito: “Com ELA se prostituíram os reis da terra ".


" os que habitam sobre a terra se embriagaram
com o vinho da sua prostituição"

Então, hoje, porque os reis toleram isso, os habitantes da terra também toleram a homossexualidade, a pedofilia, e todas estas praticas imorais e vergonhosas, e acima de tudo, abomináveis aos olhos do Senhor.
Tolera-se a pedofilia, por ser praticada por sacerdotes de uma das religiões mais poderosas... senão a mais poderosa da terra. Acreditem que, se estes crimes haviam sido cometidos por pastores ou pregadores não-católicos, na mesma escala; por imãs muçulmanos, ou sei lá quem mais... o rigor da lei teria sido diferente... os habitantes da terra reagiriam de forma diferente. O protesto e a indignação teriam sido mais forte. Mas isso não acontece porquê? Pois, estes crimes são cometidos pela religião da civilização ocidental.
Prostituição significa devassidão, libertinagem, imoralidade, dissolução, vicio, perversão, depravação, licença ou permissão. Ora, são precisamente estes valores invertidos (contra-virtudes) que dominam e define exactamente o estado espirituoso, ou de intoxicação espiritual no qual a humanidade se encontra hoje, sob a liderança dos reis e príncipes deste mundo. Aqui está o porquê Apocalipse fala do vinho da prostituição, para figurar ou simbolizar um estímulo para o mal e a imoralidade.
Libertinagem espiritual, tendo como principal catalisador, as doutrinas dessa mulher representada na profecia bíblica pela "grande prostituta ", e que, pelos seus ensinamentos, têm levado os homens numa depravação generalizada, dando-lhes "permissão" do pecado. Falo de um mundo que entrou em transe, depois de beber o mau vinho; o da profanação. Em contraste com o estado de êxtase que produz o vinho da revelação divina.
Falarei novamente da pedofilia que ganha os contornos de um verdadeiro flagelo social? Como justificar o silêncio cúmplice dos poderes judiciários dos nossos Estados em tomar medidas justas contra este triste fenómeno, quando todas as culpas apontam os prelados da Igreja Católica Romana? Ora, é esta mesma igreja que introduziu no mundo doutrinas de demónios, nomeadamente, aquela que proíbe o casamento (1Tim.4:1-3a). Pretextando um suposto “voto de castidade", que, pela incontinência destes homens e mulheres, abriu a porta ao escândalo de prostituição desavergonhada que mancha esses "padres", "madres", "irmãos" e "irmãs", outrora reverenciado como santos homens e mulheres que professam servir a Deus.
Essa igreja, como é sabido, proibiu o casamento dos seus sacerdotes. O que gerou uma imoralidade sexual desenfreada: adultério, uniões homossexuais, incestos, pedofilia, etc. Prática que se tornaram comum nas igrejas hoje. O que é uma abominação aos olhos do Senhor.
Falaria ainda eu da doutrina da "paridade", que coloca cada vez mais o mundo sob a influência das mulheres? Os reis da terra sob a influência da mulher do Apocalipse 17 têm, por sua vez, decretados leis que vão, cada vez mais fragilizando a autoridade dos homens sobre as mulheres; e os colocam sob influência de suas próprias mulheres. Destabilizando assim os lares e aniquilando o verdadeiro significado (ou sentido) do casamento; desafiando assim a ordem divina estabelecida (Gn 3: 16c). Porquê? Porquanto, tal como Jezabel governou efectivamente Israel na barba do rei Acabe, a profecia bíblica revela que é essa mulher do Apocalipse 17 que, na verdade, prevalece sobre mundo na presença dos reis da terra que estão sob sua influência.
Ora, na sua natureza oculta, ela é uma "grande prostituta". E todos sabem que uma meretriz nunca está sujeita à autoridade de um homem. Portanto, não tem nenhuma consideração para a doutrina do casamento. Aqui temos uma explicação para a doutrina da "paridade" que consagrou a autoridade e influência das mulheres que se fazem sentir no mundo de hoje.
Lembrai-vos da grande influência que as filhas dos homens tiveram sobre os filhos de Deus no tempo de Noé, e do seu efeito catalisador na decisão divina sobre o dilúvio. (Gen.6:1-3)
Cuidarei ainda de falar sobre a prostituição ou depravação moral… da incitação à sexualidade de menores através da comunicação social (publicidade, filmes, etc.), para a consternação dos pais piedosos? Falarei ainda da homossexualidade que está consagrado na civilização ocidental como um direito, garantido e consagrado nas leis da nova ordem mundial?
            Estou falando de uma nova ordem mundial onde os criminosos políticos, económicos ou financeiros... os bandidos, assassinos e violadores tem tanto (ou mais) direitos do que os homens de bem. Um mundo em que os conflitos armados são causados ​​por grandes cérebros para crescer o negócio, sob o pretexto de ajuda aos refugiados, assistência médica e medicamentosa, os fundos de empréstimos para a reconstrução de infra-estrutura e de economias que ajudaram à destruir. De sofrimentos impostos à povos inteiros mantidos na pobreza e na miséria por ditadores patrocinados pelo Ocidente? E quando o vaso transborda (no exemplo da primavera árabe), as primeiras medidas tomadas visam essencialmente o congelamento de bens e fortunas desses "vassalos" do Ocidente que recolheram bens para seus patrões à custa das suas próprias populações excluídas da partilha das riquezas? Com certeza que me faltaria tempo para falar sobre tudo isso...
No entanto, é disso que se trata quando a revelação fala: do vinho da imoralidade com o qual os habitantes da terra se embriagaram. Semelhantes à animais irracionais, eles transgrediram e violaram sistematicamente as leis de Deus e Suas ordenanças, até atingir o ponto de não retorno. Semelhante à Sodoma... quando a sua impiedade se ergueu até ao céu.
Ora, se perguntasse o mundo: quem é sábio? Com certeza iriam dar-me nomes de filósofos e pensadores; de vencedores do Prémio Nobel da paz, e sei lá... enquanto, para Deus, o sábio é aquele que O teme e guarda os seus mandamentos. Se perguntasse o mundo quem é inteligente? Dar-me-iam os nomes de cientistas, físicos, químicos, etc., enquanto, para Deus, o inteligente é todo aquele que O procura e conhece a Sua sabedoria oculta em mistérios.
E, para aqueles que ainda têm dúvidas sobre isso, aqui está o porquê o Juízo de Deus cai sobre a terra:
“Eis que o Senhor esvazia a terra e a desola, transtorna a sua superfície e dispersa os seus moradores. E o que suceder ao povo, sucederá ao sacerdote; (…) De todo se esvaziará a terra, e de todo será saqueada, porque o Senhor pronunciou esta palavra. A terra pranteia e se murcha; o mundo enfraquece e se murcha; enfraquecem os mais altos do povo da terra. Na verdade a terra está contaminada debaixo dos seus habitantes; porquanto transgridem as leis, mudam os estatutos, e quebram o pacto eterno. Por isso a maldição devora a terra, e os que habitam nela sofrem por serem culpados…“.(Is.24:1-6)
 O pavor, e a cova, e o laço vêm sobre ti, ó morador da terra. Aquele que fugir da voz do pavor cairá na cova, e o que subir da cova o laço o prenderá; porque as janelas do alto se abriram, e os fundamentos da terra tremem. A terra está de todo quebrantada, a terra está de todo fendida, a terra está de todo abalada. A terra cambaleia como o ébrio, e balanceia como a rede de dormir; e a sua transgressão se torna pesada sobre ela, e ela cai, e nunca mais se levantará. (Es.24:17-20)

Os habitantes da terra a profanaram, transgredindo as leis de Deus e violando Suas ordenanças. Eles quebraram a aliança eterna, ao afastar-se ou rejeitar a Palavra que saiu da boca de Deus; assim como Seu Espírito que dá entendimento ao homem (Is.59: 21). A terra, está agora caído num estado de embriaguez, cambaleia e cai. Mas quem ensinou aos homens à transgredir as leis e à violar as ordenanças divinas? Quem os levou à romper a aliança eterna? A revelação da Palavra nos desvenda o verdadeiro culpado de tudo isso: A GRANDE PROSTITUTA. É ela que Deus responsabiliza pelo este estado de embriaguez generalizada que gerou à corrupção espiritual da humanidade.
Da contaminação ao paganismo instalado na Igreja Cristã… veja como a grande meretriz, pelo espírito de Jezabel, ensinou suas próprias doutrinas que arrastaram o mundo na prostituição espiritual; em completa violação e transgressões das leis e prescrições divinas; três séculos depois de Cristo:
• Nos anos 300: a Igreja introduz no seu culto a Missa de Requiem (à favor dos mortos);
• Em 375: a igreja introduz no seu ritual a adoração de santos e anjos;
• Em 431: eles começaram a adorar Maria como Mãe de Deus;
• Em 500: começa o uso de vestimentas sacerdotais para diferenciar os ministros do resto do povo;
• Em 525: é introduzida à Extrema-unção;
• Em 593: Instituição da doutrina do purgatório (que será promulgada em 1439);
• Em 600: o Latim se tornou a língua única para a missa;
• Em 607: Bonifácio III torna-se o primeiro Papa e em 709, os fiéis começam à beijar os pés do Papa;
• Em 786: começa a adoração de imagens e relíquias;
• Em 850: começa o uso da água benta;
• Em 995: os santos mortos começaram à ser canonizado;
• Em 998: introdução de jejuns de sexta-feiras santas e o período da quaresma;
• Em 1090: introduz-se o uso do terço em oração; como nas religiões do Oriente;
• Em 1184: a Inquisição foi instituída contra os hereges (aqueles que se opõem aos dogmas do catolicismo romano);
• Em 1190: começa o tráfico de indulgências;
• Em 1220: começa a adoração da hóstia;
• Nove anos mais tarde (isto, em 1229) a Bíblia é retirada do culto; sendo reservada para uso exclusivo dos sacerdotes; o povo é proibido de lê-la;
• Em 1414: o povo comum é excluído da Ceia na comunhão;
• Em 1546: a Igreja Católica introduz os livros apócrifos (não inspirados por Deus) na Bíblia;
• E, o cúmulo de tudo... em 1870, a Igreja de Roma proclamou a infalibilidade do Papa. Um homem é exaltado como se fosse o próprio Deus; em Seu lugar e no Seu templo. Tornando-se seu Vigário: O VICARIUS FILII DEI.
À partir desse momento, ele é considerado como o representante de Deus; e pode legislar em Seu lugar. Porque, sua voz também é igual à voz de Deus.
"O papa tem o poder de mudar os tempos e de revogar a lei, de dispensar todas as coisas até os preceitos de Cristo". DECRETAL DE TRANSLAT, EPISCOP. CAP.

Essa igreja, pela voz do seu Papa, pode assim invalidar, quiçá abolir, o mandamento de Deus pelas tradições católicas romanas (dogmas da Igreja de Roma). Estando "assentada sobre muitas águas", ela pode assim levar a multidões, povos, línguas e nações na transgressão do mandamento de Deus por causa das tradições inspiradas do paganismo romano, numa vã adoração. (Mat.15: 7,8). Pois é óbvio que, nunca irão encontrar esses dogmas nas tradições que nos deixaram os pais da fé apostólica.
“…a terra está contaminada por causa dos seus habitantes; porquanto transgridem as leis, mudam os estatutos, e quebram o pacto eterno. Por isso a maldição devora a terra, e os que habitam nela sofrem por serem culpados…“

“…porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias” (Apoc.18:23c)


--------------------------------------------------------